Contra a invasão do betão, pela qualidade de vida de quem vive no nosso Concelho !

01
Jun 06

 O que é a compostagem


A compostagem pode ser efectuada no recreio das escolas, permitindo a utilização directa do composto no jardim.


Não podem ser colocados no composto materiais como o plástico, o vidro, as baterias, os têxteis, os óleos, as tintas, os produtos químicos em geral, o alumínio, os entulhos, as fraldas, as fezes e o papel colorido.


De uma maneira geral, podem ser utilizados todo o tipo de resíduos vegetais e animais, tais como resíduos de jardim e restos de alimentos. No entanto, existem algumas folhas e restos de árvores que são difíceis de compostar, porque são muito ácidas tais como o choupo, o eucalipto, a oliveira e o pinheiro.


As aparas de relva devem ser colocadas somente quando estiverem quase secas, e devem ser misturadas com outros materiais, pois podem absorver muita água e ganhar bolor.


As aparas de sebes e de árvores devem ser guardadas no jardim e ser colocadas apenas quando for necessário tornar o composto mais solto, para aumentar o arejamento, uma vez que são dificilmente degradáveis.


A temperatura na pilha de compostagem vai aumentando, o que significa que os microrganismos estão a actuar e a degradar a matéria orgânica (quanto maior a pilha melhor decorre o processo).


Se o composto se encontrar demasiado húmido vai dar origem à sua compactação e impedir a entrada de oxigénio, originando maus cheiros. O recipiente da compostagem deve encontrar-se em contacto com a terra, por forma a permitir que a água se possa infiltrar quando chove. Nestas condições, as minhocas e outros organismos vão acelerar a degradação da matéria orgânica e a sua transformação em húmus, rico para o solo.


 Separação dos resíduos


Os funcionários da cantina e o jardineiro da escola podem colaborar na separação dos resíduos orgânicos. Deve ser colocado um contentor fechado no refeitório para deposição dos restos alimentares.


As pessoas que vão despejar os resíduos na pilha de composto devem estar numa lista, por forma a ser rotativo. É importante que o jardineiro coloque aparas de relva ou ramos de arbustos na pilha de compostagem.


 Compostagem na escola onde e como fazer </img>


Para fazer a compostagem é necessário ter um recipiente, que pode ser feito com ripas de madeira, semelhante a uma caixa de fruta com aberturas de lado que permitem a entrada de ar. O recipiente deve ter cerca de 1m2 de área e 1m de altura.


O recipiente para a compostagem deve ser colocado num lugar com as seguintes condições:


Ø    O local deve estar protegido do sol e do vento;


Ø      Localizado em contacto com a terra por forma a permitir que a água possa infiltrar-se quando chove e que as minhocas e outros pequenos organismos possam contactar com a matéria orgânica, ajudando à sua degradação e transformação em húmus rico para o solo.


 A compostagem


Os resíduos vão sendo colocados dentro do recipiente, formando uma pilha em que a sua temperatura vai aumentando. Deve ser adicionada água ao composto nas quantidades correctas, de modo a que este não fique demasiado húmido. Para se saber qual a quantidade de água existente no composto podes fazer o seguinte teste: pegar numa mão cheia de composto e apertar; não deve pingar mas deve deixar a mão húmida. Para verificar como o composto se encontra no interior da pilha faz-se um buraco com um pau. Quando este for retirado não deve trazer agarrados pedaços de composto.


Caso o composto esteja muito molhado, deve ser promovido o arejamento recorrendo à elaboração de canais com um pau e colocando no composto o interior de rolos de papel de cozinha ou tubos perfurados. Se chover muito deve ser colocada uma cobertura no recipiente, no entanto é importante que o grau de humidade seja mantido a níveis elevados.

publicado por antonio ribeiro às 09:17

Junho 2006
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
24

25
26
27
28
29
30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

arquivos
2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D


2005:

 J F M A M J J A S O N D


arquivos
2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D


2005:

 J F M A M J J A S O N D


mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO