Contra a invasão do betão, pela qualidade de vida de quem vive no nosso Concelho !

16
Set 09

 

                              Vitor Peixoto, cabeça de lista do MOC

 

O PS de Odivelas conseguiu impedir a participação do MOC – Movimento Odivelas no Coração nas próximas eleições autárquicas a realizar no próximo dia 11 de Outubro, através de uma manobra, que, infelizmente, acabou por ser sancionada pelo Tribunal Constitucional.

Esta decisão impede a participação de cidadãos independentes na vida autárquica do Concelho de Odivelas e contraria a vontade de cerca de 5000 cidadãos eleitores que pretendiam ver este movimento de cidadãos concorrer às eleições autárquicas.
Apesar de acatarmos a decisão do Tribunal Constitucional, estamos indignados. Não podemos compreender que o PS consiga, através da mesquinhez, violar a vontade de 5000 cidadãos eleitores, na mira de ganhar mais alguns votos.
O processo de candidatura foi autêntico e sem qualquer vício, a recolha de assinaturas foi efectuada na sua quase totalidade pelos nossos candidatos e os cidadãos eleitores proponentes das nossas listas, assinaram-nas numa manifestação inequívoca em apoiar a lista de candidatos do MOC – Movimento Odivelas no Coração.
A posição agora assumida pelo PS na sequência de muitas outras ao longo dos últimos 4 anos, para além de vergonhosa, mancha o Poder Local Democrático e escreve uma página negra na história do Concelho de Odivelas.  
Cabe agora a todos reprovar estes actos no próximo dia 11 de Outubro. O comportamento do PS merece o repúdio e a condenação daqueles que prezam a convivência democrática e a aceitação de opiniões diferentes.
Cumpre-nos ainda agradecer a solidariedade manifestada pelas seguintes forças políticas; BE - Bloco de Esquerda, CDU – Coligação Democrática Unitária, Coligação Em Odivelas Primeiro as Pessoas (PSD, CDS-PP, MPT, PPM).
Finalmente, manifestamos a nossa vontade férrea de prosseguir os nossos objectivos. Conseguiram impedir-nos de ir a votos, mas não conseguirão vergar-nos! Continuaremos, assim, mais convictos do que nunca, a lutar pelos objectivos a que nos propusemos!
 
Odivelas, 16 de Setembro de 2009
O Conselho Directivo do Movimento Odivelas no Coração

 

publicado por antonio ribeiro às 16:01

15
Set 09

 

Ouvi dizer que Susana Amador não aceitou ir ao debate da TVI com os candidatos às autárquicas.

 
Custa-me a acreditar, mas se for verdade, custa-me a compreender, até porque em minha opinião, quem não deve não teme e com esta atitude ...

O pior, é que com isto parece que a TVI, agora com uma nova Direcção, não vai fazer o debate com os candidatos disponíveis (à Câmara de Odivelas), isto a ser verdade ainda é mais vergonhoso.

 

Miguel Xara-Brasil

 

A equipa deste Blog confirma a não realização deste debate por parte da TVI. A Razão prende-se com a recusa da actual Presidente de Câmara, Susana Amador, candidata do Partido Socialista.

 

Perde-se, assim, uma boa oportunidade para a população do nosso concelho conhecer as verdadeiras intenções de cada candidato

 

Susana Amador tem medo do Quê?

Susana Amador tem medo de Quem?

publicado por antonio ribeiro às 14:43

O Tribunal Constitucional não deu provimento ao recurso do Movimento Odivelas no Coração, acerca do pedido de impugnação das suas candidaturas que o Partido Socialista de Odivelas tinha apresentado no Tribunal de Loures. 
 

Tendo entregue candidaturas a todos os órgãos autárquicos do concelho, em 11 de Agosto, o MOC viu as suas listas impugnadas porque as declarações de propositura que apresentou não estariam conforme a lei que regulamenta a participação de cidadãos independentes nos actos eleitorais para as autarquias locais.

Após o pedido de impugnação dos socialistas, o MOC entregou o seu recurso, com a esperança que viria a ser considerado uma vez que outras candidaturas apresentaram as mesmas deficiências e foram aprovadas com foi o caso de Helena Roseta às eleições intercalares para a Câmara Municipal de Lisboa em 2007, segundo António Gonçalves, candidato do MOC à freguesia de Odivelas.
No entanto o Tribunal de Loures indeferiu o recurso do Movimento que recorreu da decisão para o Tribunal Constitucional que, em 2005 tinha aprovado idêntico recurso de uma candidatura independente de Portimão, com a esperança de que a decisão fosse igual para Odivelas.
No entanto, assim não foi. O balde de água fria chegou ontem a Odivelas. O Tribunal Constitucional não deu provimento ao recurso e o MOC fica definitivamente arredado deste acto eleitoral.
Vítor Peixoto, visivelmente emocionado, respondeu ao nosso pedido de declarações dizendo apenas que estava triste com este desfecho depois de todo o trabalho realizado pelo Movimento e que hoje os órgãos directivos do MOC iriam reunir para analisar o assunto e emitir a sua posição oficial.
Mas Vítor Peixoto está disponível para contar toda a história e manifestar a sua revolta por este acto e por isso aceitou o convite para participar na tertúlia Informalidades que terá lugar a 24 de Setembro, com início ás 22h00, na Casa do Largo do Centro de Exposições de Odivelas.
Diário de Odivelas
publicado por antonio ribeiro às 11:04

14
Set 09

 

Em Odivelas a recolha de lixo continua a fazer-se de forma deficiente. Em algumas artérias da cidade os horários da recolha de sólidos são variáveis. O resultado é a acumulação do lixo que transborda os contentores e obriga a utilização do espaço contíguo para alojar sacos. Depois, temos os cães e gatos vadios a espalhar o lixo – um ciclo que se repete quase diariamente e que normalmente deixa um rasto de lixo numa dezena de metros ao longo do passeio ou da rodovia.

 

  

 

Ao meio-dia de terça-feira apanhámos mais uma destas situações na “ilha de contentores e eco ponto” da rua José Régio, junto à rotunda da rua Aquilino Ribeiro, uma zona de passagem de muitas crianças… e como tínhamos máquina de fotografar, registámos. Os Serviços Municipalizados de Loures continuam a prestar um mau serviço ao Concelho de Odivelas e a não ter o mesmo critério relativamente a Loures.

 

Mais uma vez estranhamos este comportamento sabendo-se que aquela empresa é administrada pelo Presidente do Município de Loures, também ele eleito pelo Partido Socialista. A registar ainda a falta de civismo de alguns cidadãos que despejam entulho de obras junto aos contentores de lixo, uma situação que agrava ainda mais a degradação destes locais e no particular caso que se fotografou.

 

 

  José Maria Pignatelli (Diário de Odivelas)

publicado por antonio ribeiro às 16:06

 

 

http://tempodascerejas.blogspot.com/2009/09/calculo-de-deputados-eleitos.html

 

 

publicado por antonio ribeiro às 15:56

Setembro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
18




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

arquivos
2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D


2005:

 J F M A M J J A S O N D


arquivos
2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D


2005:

 J F M A M J J A S O N D


mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO