Contra a invasão do betão, pela qualidade de vida de quem vive no nosso Concelho !

21
Jun 10

publicado por antonio ribeiro às 09:03

20
Jun 10
 </p>

1922 - 2010

publicado por antonio ribeiro às 16:19

18
Jun 10

PCP diz que feriados não são o problema de produtividade

 

 O líder parlamentar do PCP, Bernardino Soares, considerou hoje que "não é nos feriados que reside o problema de produtividade do país" e classificou de "totalmente inaceitável" a possibilidade de se transferir o feriado do 25 de Abril.

 

O PS anunciou hoje que a proposta das deputadas independentes Teresa Venda e Rosário Carneiro para transferir os feriados e eliminar pontes mereceu um "consenso generalizado" da bancada e que existe abertura para discutir as datas a incluir.

De acordo com uma das proponentes da medida, apenas o dia de Natal e o Ano Novo são excepções à possibilidade de "flexibilizar" as datas dos feriados.

 

Questionado sobre esta proposta, Bernardino Soares disse precisar de analisar "o que é que em concreto" esta pretende, mas sublinhou desde já: "uma coisa é certa, não é nos feriados que reside o problema de produtividade do país".

 

O líder da bancada comunista referiu ainda que recentemente o Governo concedeu "mais de um dia de tolerância de ponto" (a propósito da visita do papa a Portugal) e "nem as deputadas em causa nem o grupo parlamentar em que se inserem tiveram a preocupação que agora parecem ter em relação aos feriados oficiais que estão determinados".

 

Sobre a possibilidade de o 25 de Abril ser assinalado noutra data -- como as autoras do projecto e o vice presidente da bancada do PS, Ricardo Rodrigues*, hoje admitiram -- Bernardino Soares considerou que tal seria "totalmente inaceitável".

 

O vice presidente* da bancada socialista afirmou que se o 25 de Abril "for encarado com o dia da Liberdade em Portugal, tanto faz que seja celebrado a 25 ou a 27".

 

DN

 

( * )- deputado rouba gravadores

publicado por antonio ribeiro às 00:36

17
Jun 10

Nada tem de surpreendente a alegação do deputado socialista como, aliás, nada têm de surpreendentes as conclusões do deputado bloquista: não se esperaria outra coisa de quem está no partido do Governo - apoio incondicional ao primeiro-ministro, mesmo se este não tiver razão - nem de quem está na oposição - prosseguir na estratégia de fragilização do líder do Executivo, mesmo se ele até tiver razão.

 

O que é surpreendente é ser este deputado socialista, este Ricardo Rodrigues, o homem que está a tentar dar lições de moral aos deputados da oposição.

Para quem esteja distraído, recordo que este é o mesmo Ricardo Rodrigues que desviou, furtou, roubou ou cometeu outro pecado equivalente quando, a meio de uma entrevista, meteu ao bolso dois gravadores de uns jornalistas e saiu, furioso com as perguntas que lhe estavam a fazer.

A cena já se passou há bastante tempo, os gravadores ainda não foram devolvidos aos donos e a justiça prossegue, serena e lenta, o seu burocrático caminho, direito (o Direito do costume, aliás) à queda, pela podridão, do assunto.

 

No entretanto, o deputado que apareceu nas televisões de todos os portugueses a levar na algibeira algo que não lhe pertencia até é defendido pela direcção parlamentar do seu partido e não vê este óbvio comportamento reprovável ser apreciado pelos seus pares.

 

Já só isto bastaria para incomodar qualquer cidadão de bom senso.

 

Mas há mais: Ricardo Rodrigues continua a ser vice-presidente da bancada socialista e é o principal representante do PS na comissão de inquérito que aprecia os comportamentos éticos e, até, criminais das pessoas envolvidas no negócio abortado da PT/TVI. E já nem vou falar no ridículo que é estar esta alma na Comissão Eventual para o acompanhamento do fenómeno da corrupção! Que autoridade pode ter para este trabalho, neste momento, um deputado assim?!

 

Quando José Sócrates vê nos noticiários televisivos Ricardo Rodrigues a defendê-lo, não achará que, com amigos daqueles, não precisa de inimigos? Ou, simplesmente, já se está nas tintas para tudo?

 

Pedro Tadeu, DN

 

publicado por antonio ribeiro às 01:23

14
Jun 10

 

«ASSUNTO URGENTE - Corte massivo de árvores numa escola

Querem abater 100 tílias e plátanos no Liceu Camões?!
Caros colegas,


Venho desta forma pedir a quem tiver, o contacto directo (telefone, email, ou outro) do arquitecto Ribeiro Teles.


Isto é urgente porque tem a ver com a questão de que o Ministério da Educação e a entidade empresarial "Parque Escolar" responsável pelo projecto (ver link abaixo indicado), pretendem cortar todas as mais de 100 árvores existentes no Liceu Camões (perto de Picoas, em Lisboa), na sua maioria Tílias e Plátanos, algumas árvores muito raras como Coralina e Jacarandá, e quase todas com mais de 80 anos.

Através da minha pessoa, o núcleo de Lisboa está a acompanhar esta situação urgente. Já estive na escola, tirei fotografias, fiz um pequeno relatório e tive uma reunião com os alunos da Associação de Estudantes que me explicaram melhor todo o contexto. Em breve irei ter outra reunião com a direção da escola.

Nesta sexta-feira irá haver um debate na escola acerca deste assunto e com os responsáveis pelo projecto, no qual irei participar, e era importante que mais pessoas da Quercus e outras associações, principalmente especialistas nesta matérias, pudessem participar para fazer pressão.

Podem saber mais informações vendo o blog da Associação de Estudantes da escola:
http://xcamoes.blogspot.com/

Cumprimentos
Paulo Daniel»

 

http://cidadanialx.blogspot.com/

publicado por antonio ribeiro às 13:02

Junho 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
11
12

13
15
16
19

22
23
24
26

27


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

arquivos
2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D


2005:

 J F M A M J J A S O N D


arquivos
2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D


2005:

 J F M A M J J A S O N D


mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO